quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Opções de financiamento para franquias



Apesar da taxa de mortalidade de uma franquia ser bastante baixa, o valor do investimento inicial costuma ser alto. De olho nesse mercado, alguns bancos oferecem linhas de crédito especiais para o setor.

O setor deve crescer 18,7% neste ano em relação a 2009. Na quantidade de lojas houve um crescimento de 3,5%  no segundo trimestre e a expectativa para o terceiro trimestre é de um aumento de 5,6%. Usualmente esse crédito específico sai mais barato do que outro tipo de empréstimo.

Veja as condições de sete bancos:


BNDES

O BNDES empresta apenas por meio de outras instituições financeiras credenciadas e para projetos nacionais. Podem ser financiadas instalações novas e reformas, compra de máquinas ou equipamentos nacionais, informatização e publicidade para inauguração.
Além disso, uma parcela de capital de giro e a taxa de franquia podem ser financiadas em condições especiais dependendo do investimento. Existem duas opções oferecidas pelo banco. O BNDES Automático dá crédito a projetos com valor de até 10 milhões de reais, que pode ser renovado a cada 12 meses. Já o Finem é destinado a empreendimentos com valor igual ou superior a 10 milhões de reais.
A taxa de juros para o Finem, por exemplo, é o TJLP (taxa de juros de longo prazo), de 6% a.a., a remuneração básica do BNDES, de 0,9% a.a., a taxa de risco de crédito, que chega a 3,57% a.a. e a taxa cobrada pela instituição financeira que faz a intermediação.



Banco do Brasil

O BB franquia, programa do Banco do Brasil, é exclusivo para apoiar as empresas do segmento e oferece todos os produtos voltados para pessoas jurídicas, como linhas de empréstimos, financiamentos, investimentos, cartões, seguros e previdência.

Os empréstimos para capital de giro incluem, por exemplo, o BB Giro Rápido, com limite máximo de 120 mil reais e o BB Giro Empresa Flex, que tem custo entre 2,30% a 4,64% ao mês.
Entre os financiamentos para investimento, o BB oferece o BNDES Automático, o cartão BNDES e o PROGER Urbano Empresarial, que financia até 200 mil reais, com prazo de 72 meses e taxa de juros de 0,69% ao mês.

Banco do Nordeste

Desde o ano passado o banco tem uma estratégia de negócios exclusiva para franquias, o Nordeste Franquias. O financiamento conta com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, com juros a partir de 5,06% ao ano, prazos de até 12 anos e até quatro anos de carência.

Em 2009, o banco liberou 1,7 bilhão de reais em créditos de curto e longo prazos para pequenas empresas. Para esse ano, a meta é oferecer 2,6 bilhões de reais em linhas de crédito para esse público.

Bradesco

A instituição oferece praticamente todos os serviços de pessoa jurídica para as franquias. Além de auxiliar o franqueador no controle e na ampliação da rede, o Bradesco tem dois tipos de crédito específicos para franqueados.
O crédito para fluxo de caixa tem linhas para capital de giro, antecipação de recebíveis e o Compror franquias, para aquisição de mercadorias exclusivamente junto ao franqueador, por exemplo. Há outro pacote de linhas de crédito para financiar a taxa de franquia, a reforma ou ampliação, e outros bens.
Além do BNDES Automático e do Finame, é possível emprestar do cartão BNDES e através de leasing. No cartão BNDES a taxa de juros fica em torno de 0,97% ao mês.


Caixa Econômica Federal

O Caixa Franquias, programa da Caixa Econômica Federal, tem duas opções de linhas de crédito para implantação de franquias parceiras: o PROGER Investimento e o BNDES Automático. No primeiro, o banco financia até 400 mil reais, com taxa de TJLP+5%a.a, prazo de 48 meses e carência de até 6 meses.

No BNDES Automático a Caixa financia de 20% a 60% do investimento, dependendo da franquia, com valor máximo financiável de 10 milhões de reais, taxa TJLP+6,4%a.a e prazo de até 60 meses.

Foram contratados 133,8 milhões em crédito de janeiro a abril deste ano. Capital de giro, antecipação de receitas, financiamentos para investimentos, convênios e seguros são alguns serviços oferecidos pelo banco para quem já tem uma unidade em operação.


HSBC

O HSBC criou uma área específica para atender a demanda de franquias. Para os novos franqueados, será possível ter acesso a 60% do capital de giro inicial, com prazo de até 42 meses e seis meses de carência.

As taxas de juros ficam abaixo de 2% ao mês. Outros serviços ainda devem ser disponibilizados, como antecipação de recebíveis. Em julho, o banco já tinha aumentado em  mais de R$ 3 bilhões as linhas de crédito para empresas com faturamento de até 20 milhões de reais.


Itaú Unibanco

No ano passado, o Itaú aumentou em 30% os clientes do segmento e em 39% a carteira de crédito oferecida para empresas desse setor. O Itaú Unibanco financia até 50% do total investido na abertura de uma nova unidade franqueada. O candidato deve dar como garantia os recebíveis do negócio ou o próprio patrimônio.

Além de empréstimos para aquisição de franquias, equipamentos, estoque e financiamento do fluxo de caixa, o banco oferece linhas de repasse do BNDES, que podem ser usadas tanto na instalação da nova unidade quanto para a modernização, e o Compror Franquias, que ajuda a financiar os royalties ou produtos.
As taxas de juros não são divulgadas e variam conforme o relacionamento do cliente com o banco e as garantias oferecidas.


Fonte:  REVISTA EXAME
http://portalexame.abril.com.br/pequenas-empresas/noticias/conheca-7-opcoes-financiamento-franquias-600584.html

Um comentário:

  1. SEJA UM FRANQUEADO DE SUCESSO

    VENHA FAZER PARTE DA REDE QUE MAIS CRESCE NO BRASIL

    WWW.MICROPRO.COM.BR/FRANQUIAS

    OU ENVIE SEU INTERESSE PARA:

    franquia@micropro.com.br


    TRANSFORMANDO TECNOLOGIA EM PROFISSÃO!

    ResponderExcluir